segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Celibatário em Chelsea: novo filme Hare Krishna em breve nos cinemas


Celibatário em Chelsea é o nome do filme. Chelsea é o lugar mais badalado da costa leste dos Estados Unidos, na cidade de New York. É o lugar aonde gays, lésbicas, heterossexuais e outros, fazem o que querem quando querem. Celibatário em Chelsea é um filme sobre todas as coisas dos Hare Krishnas que você jamais queria saber. Ram, um Hare Krishna engraçado, vive em Chelsea e é um fanático praticante do celibato. A caminho do trabalho Ram encontra com Megan, uma milionária frustrada com a alta sociedade. Na vida anterior Megan era o Mestre Lin e Ram era Lotus, sua seguidora fiel. Nesta vida eles se encontram quando Ram acidentalmente tropeça em Megan no meio das ruas de Manhattan. Novamente eles se encontram no trabalho, uma companhia que Megan comprou secretamente. Eles começam um namoro casual, se apaixonam e sofrem da "síndrome de mudança de sexo pós-reencarnação".

Eu vivi com Jnanagamya Prabhu no templo de Freeport, Long Island, nos anos 80. Agora ele vive aqui em Alachua com sua esposa. Jnanagamya vai fazer este filme acontecer nos telões do mundo. Eu fiquei extremamente feliz em ver os trechos do filme.

Trailer em inglês:


Para saber mais sobre o filme acesse:
www.celibateinchelsea.com

Fontes: Lilananda dasa, fórum Krishna-katha, www.celibateinchelsea.com
.

Compartilhar
Leia Mais ››

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Comer Rezar Amar: O rosário indiano e o filme

DO SÂNSCRITO JAPA (repetição) MALA (cordão). Esse objeto antigo de devoção espiritual, conhecido também como rosário de orações no ocidente conquistou Julia Roberts, a atriz ganhadora do Oscar, por Erin Brockovich, e que afirma ser hindu. Roberts decidiu continuar sua jornada espiritual mesmo depois de terminadas as filmagens de Comer, Rezar, Amar. O filme, inspirado no livro de memórias de Elizabeth Gilbert, conta a história de uma mulher divorciada frustrada que decide fazer uma longa viagem para o exterior em busca do prazer de comer (Itália), o encontrar da devoção (Índia) e o reencontro com o amor, com um brasileiro em Bali. Convertida ao hinduísmo - com direito a aplicar tilaka na testa de seus filhos. Segundo a imprensa americana, um pastor hindu teria batizado seus dois gêmeos Hazel e Phinnaeus, com os nomes das deidades Lakshmi e Ganesha, enquanto Henry foi chamado de Krishna Balarama, o irmão do Senhor Krishna. A tilaka é uma marca considerada muito auspiciosa, feita na testa com uma pasta formada por sândalo e outros elementos, e utilizada nas diversas variações do hinduísmo.

Não é de hoje que a Índia produz em todo o mundo uma fascinação ímpar. Suas cores, sabores, sua gente, cultura e história nos leva a uma viagem mística, diferente de tudo o que costumamos vivenciar.

Conheça aqui as técnicas do japa mala, o rosário indiano utilizado por Julia Roberts e que inspirou o livro e filme "Comer, Rezar, Amar - Eat Pray Love": um instrumento de oração para cantar, entoar ou orar.

A religião-filosofia do Hare Krishna, embasada nas sagradas escrituras indianas, os Vedas, leva o cantar dos nomes de Deus com seríssima importância, tendo esse como a melhor maneira de se conectar com o Divino.
E é com o poder da palavra falada que o livro Comer, Rezar, Amar, de Elizabeth Gilbert, tornou-se um best-seller. Narrando sua jornada espiritual e amorosa, a autora descreve suas aventuras em Bali, Itália e Índia, tendo o universo dos ashrams hindus grande importância na trama. Na busca de um guru para lhe ensinar o caminho da devoção, Liz aprende mantras, posições de yoga e divide seu livro em 108 capítulos, o número de contas do japa mala, o terço indiano, no qual o professor de yoga Giridhari Das é especialista.

Liz conta 109 capítulos, pois acrescenta a bolinha inicial que começa o rosário, que indica ao meditador que ele completou uma volta. “Falamos cantar, mas o verbo correto é ‘entoar’. Foi uma tradução errônea do Inglês chant”, corrige o professor de yoga.

Giridhari Das explica que o objetivo da meditação mântrica, técnica ensinada no livro, é apenas ouvir seu cantar. “Tente não pensar em mais nada, nem mesmo em assuntos de natureza transcendental.”

“Cantar japa atentamente não é fácil, mas deve ser seu objetivo constante. Sempre que sua mente lhe arrastar para qualquer outro assunto enquanto canta japa (o que vai acontecer muito!), traga-a de volta aos santos nomes. Nunca desanime. Mesmo o cantar desatento é extremamente poderoso”, incentiva o professor, outrora economista, e que agora tem os ensinamentos do yoga, como a cultura de sua vida.

Utilizado tanto no budismo, como hinduísmo e hare krishna, o japa mala, dizem muitos, é capaz de levar a mente a um estado em que os problemas desaparecem. Isso porque ele é uma ferramenta importante no processo de meditação mântrica, a prática central de meditação da espiritualidade oriental, especialmente Indiana.

Você é capaz de desenvolver grande foco, introspecção, clareza mental e paz com esse método musical de meditar. Com tempo e, aliando a prática de japa com outros aspectos da autorrealização espiritual, chegará a ter experiências místicas, cantando os mantras, como é relatado por Liz, no livro que chegou aos cinemas brasileiros em outubro.

"Cante o maha-mantra e seja feliz", brinca Giridhari. Não custa tentar! É de graça!



Qualquer um pode entoar (cantar) o maha-mantra: Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare / Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare.
Para começar, você pode simplesmente repetir o mantra ou cantá-lo seguindo a melodia que preferir. Não há regras rígidas para o cantar dos santos nomes. O importante é pronunciar claramente e ouvir atentamente o som. Quanto mais cantar e ouvir os santos nomes, mas sentirá o efeito purificador do maha-mantra.
Você pode também entoar o mantra suavemente para si mesmo, de forma contínua. Esse tipo de prática é chamada de japa e normalmente é feita com a ajuda de um rosário de 108 contas, chamado japa mala. Para cada conta, canta-se um vez o mantra. 108 contas cantadas é “uma volta”.

Devotos iniciados da ISKCON, a principal senda do Movimento Hare Krishna no mundo, fazem um voto de cantar no mínimo 16 voltas por dia. Muitas pessoas consideram as primeiras horas do dia, antes mesmo do sol nascer, como sendo os mais agradáveis para essa prática.

Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare | Hare Rama Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare.

As 16 palavras, cantadas a um ritmo de 6-12 segundos por estrofe, são repetidas 1.728 vezes, todos os dias, por aqueles que já são experts nessa arte.
Não precisa fazer todos logo de início, o importante é começar, reservando assim alguns momentos do dia para se concentrar na presença de Deus que habita em você.
Diferentes escolas indicam diferentes mantras. Seguindo sua tradição centenária, Giridhari Das recomenda o maha-mantra (grande mantra) Hare Krishna, que derruba obstáculos e traz a sensação de bem-aventurança para o coração.



Veja mais instruções sobre como cantar japa:


1. Segure o japa (rosário com 108 contas) na mão direita. Se você não tiver acesso a um japa mala pode até mesmo utilizar um barbante com 108 nós.

2. Mantenha o japa entre os dedos polegar e médio, na primeira conta depois da principal.

3. Passe suavemente para a conta seguinte, à medida que entoa o maha-mantra: Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare / Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare. Pode fazer bem baixinho, de forma que apenas você consiga ouvir, ou pode fazer mais alto, conforme preferir ou for conveniente.

4. Passe para a conta seguinte e cante novamente o maha-mantra. Em seguida, passe para a próxima e repita o processo, assim por diante.

5. Ao chegar à última conta antes da principal (que não é cantada), vire a japa e continue a cantar, começando com a conta na qual você terminou a volta (uma volta tem 108 contas).

Embora não existam regras fixas e inflexíveis para cantar os santos nomes de Deus, apresentamos adiante algumas dicas que podem ajudá-lo neste processo:

* Cante com sentimento, como se você fosse uma criança clamando pela presença da sua mãe.
* Cante com nitidez, ouvindo cada sílaba e fixando a mente no som do maha-mantra.
* Cante sem interrupções, como um rio fluindo para o oceano.
* Cantar bem cedo, antes mesmo do sol nascer, é recomendável.

Sentirá como é mais fácil fixar sua mente nos santos nomes nesses horários. Também, por ser a prática mais importante do seu dia, é bom dar prioridade a isso, antes que as exigências do dia lhe roubem todo seu tempo.

O objetivo, além de desenvolver a capacidade respiratória, é direcionar a energia sutil (prana) para os diversos chakras. São indicados não só para pessoas que apresentam dificuldade no aparelho respiratório, mas também para indivíduos com problemas no sistema nervoso (como depressão, fadiga, ansiedade e insônia) ou, simplesmente, para os que querem acalmar os pensamentos e as emoções.


Não se esqueça de rezar

Roberts, que foi criada como católica, mas é uma hindu praticante, disse que o filme lhe ofereceu uma chance de tirar suas próprias experiências, mas disse que estava interessada no Hinduísmo antes de ter lido as memórias de Liz e que não converteu por conta do filme.

Na revista Elle americana, Julia Roberts conta que agora ela e sua família vão juntas ao templo para cantar, rezar e celebrar. “Eu definitivamente sou uma praticante hindu”, disse ela à revista. Você pode escolher não comer ou amar. Mas não se esqueça de rezar. Faça disso parte da sua vida. Foi o conselho que Julia Roberts trouxe dos gurus da Índia.

Em Comer, Rezar, Amar, após a conquista de Liz pelo equilíbrio entre o material e o devocional surge o amor. Ainda assim, todos os dias, segundo trama, Liz faz meditação indiana quando acorda, e meditação balinesa para dormir. Com ela praticar a meditação mântrica deu certo. Não custa tentar também.

Assista um clipe com o som do mantra Hare Krishna:



Outras celebridades e sua jornada religiosa




George Harrisson – Hare Krishna







Madonna – Kaballa





Julia Roberts – Hinduismo







Demi Moore – Kaballa






Richard Gere – Budismo







 Steven Segal - Budismo








Cláudia Raia – Budismo



 


Maria Stella Splendore – Hare Krishna







Download gratuito do eBook:
http://lelivros.space/book/download-livro-comer-rezar-amar-elizabeth-gilbert-em-epub-mobi-e-pdf/
Leia Mais ››

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Puri Maharaja fala sobre a sucessão discipular na ISKCON


INCONTESTÁVEIS PALAVRAS DIVINAS!

Puri Maharaja foi um dos irmãos espirituais com que Srila Prabhupada teve um relacionamento mais efetuoso. Em 1972, ele escreveu: "Meu querido Puri Maharaja, talvez você seja meu único irmão espiritual que apreciou meu humilde serviço para a causa de Guru Gauranga".

Estes dois vídeos mostram um relato bastante emocionado de algumas das últimas conversas entre eles, e a preocupação com o futuro da Iskcon.

Não deixe de ver também a primeira parte.

(Caro devoto(a) leitor(a) me desculpe não constar a parte 1 e 2 em português; vou postar assim mesmo em inglês)

Srila Bhakt Vaibhava Puri Maharaja Ki Jay!

Parte 1 (inglês)


Parte 2 (inglês)



Parte 3 (português)


Parte 4 (português)



Fontes: Jornal Hare Krsna Brasil
.

Compartilhar
Leia Mais ››

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Primeiro Encontro da Vida Familiar

Nesta última segunda-feira (11/10/10) a Congregação da ISKCON Curitiba se reuniu para um "Encontro da Vida Familiar". Este encontro tem o propósito de reunir devotos e devotas para conversar sobre diferentes temas a respeito da Vida Familiar: casamento, família, filhos, relacionamento, etc... Este primeiro encontro foi muito especial com a presença de cerca de 25 pessoas muito entusiasmadas e cheias de boas temáticas sobre o assunto. Depois de um bom bhajan marcado por mantras e outras músicas devocionais, começamos a discussão sobre a vida familiar com a leitura de um texto sobre casamento do livro espírita "Nosso Lar". Ao longo da discussão muitos pontos foram abordados, dentre eles:

* A criação do romantismo e a idéia de masculino e feminino.
* A importância de se auto-conhecer.
* A importância de pequenas ações altruístas no dia-a-dia do casal.
* A posição da mulher nos dias de hoje.



Muitas outros assuntos foram falados, iluminando a todos numa discussão de quase duas horas! Ao final foi servida uma deliciosa prasada! A empolgação do encontro foi tamanha que já marcamos o próximo: dia 23/10/10 (início do mês de Kartikka) na casa do Mahamuni das.

Assessoria de Comunicação - ISKCON Curitiba (www.harekrishnacuritiba.com)

Fontes: fórum Krishna-katha, ISKCON Curitiba
.

Compartilhar
Leia Mais ››

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Sankirtana: Distribuição de livros Védicos

Atualmente residimos aqui em Sridham Mayapur e neste ultimo sábado tivemos mais um Nama Hatha organizado pelos Brasileiros que residem aqui em Mayapur.

Uma semana atrás outro. Sempre devotos com muita experiência como Umapati Swami, Hari Sauri Prabhu, Jananivasa Prabhu compartilham conosco informações e realizações que enriquecem nossa fé em Consciência de Krishna.

Nos últimos 2 anos a comunidade latina e em especial a brasileira cresceu consideravelmente. Cerca de 30 Brasileiros participaram do Nama Hatha e realizaram um Kirtan muito saboroso no encontro.

Acompanhamos o Krishna Katha e ficamos muito felizes em constatar que seja aqui no quartel general da Iskcon ( Sridham Mayapur) ou em cidades de todo Brasil estamos formando um time de primeira!!!

Maha Goura Nitay sabendo do potencial do Brasil e de muitas pessoas piedosas que residem em nosso Pais, resolveram se manifestar no quartel general Brasileiro, no Seminário de Campina Grande.

Fruto de um trabalho serio de Dhanvantari Swami, treinando Ninjas e Samurais de Srila Prabhupada para assumirem suas devidas posiçes no campo de batalha desta era de Kali Yuga.

Sadhu Sanga em Curitiba Ki Jay!

Hari Nama no Rio de Janeiro Ki Jay!

Bomba de Néctar Explode no Agreste Pernambucano ki Jay!

Kirtan no espaço Laya Yoga, no Lago Norte, em Brasília, Ki Jay!

Festival da Índia Ki Jay!

Kirtan 24 & 36 Horas Ki Jay!

Estes são somentes os relatos dos últimos dias aqui no Krishna Katha!

Que alegria servirmos Srila Prabhupada em associação com os devotos!

Que alegria constatarmos o Brasil em ação no serviço a Deus.

Maha Goura Nitay esta chegando gente!!!!!!!

Definitivamente uma era Dourada para Iskcon em nosso Pais esta se consolidando!

Em mês de Eleições Presidenciais e Estaduais, em mês de instalação de Maha Goura Nitay, vamos de uma vez por todas nos unir como nunca fizemos, e pregar como verdadeiros guerreiros de Srila Prabhupada!

O Brasil possui reconhecidamente pessoas bondosas e favoráveis em termos de cultivo da religiosidade. E além disso, como constatado nos relatos de devotos de todo Brasil, uma equipe e um time de primeira a serviço da missão de Srila Prabhupada!

Nosso presidente e Caitanya Mahaprabhu e seus associados nossos ministros e senadores. Agora definitivamente uma era de ouro para Iskcon no Brasil esta nascendo !! Vamos todos juntos, de Norte ao Sul do Pais, formarmos um time de elite e vivenciarmos os Santos Nomes do Senhor e a filosofia Vaisnava intensamente.

Vamos unidos devotos de todo Brasil, representar a Iskcon Brasil com maestria, pois a Iskcon e o corpo de Srila Prabhupada, e devemos cuidar muito bem de quem nos trouxe a medicina e o remédio nos salvando de todo delírio material !

O que seria de cada um de nos sem as instruções de nosso querido mestre e Acarya Srila Prabhupada?

Devemos nossa alma para este ‘senhor velhinho’, que como Papai Noel nos trouxe o presente mais valioso, a chave do amor a Deus a aos semelhantes!

Um senhor de idade que sozinho, quase abandonando seu corpo na viagem para o Ocidente, lutou como verdadeiro Ninja de Radha e Krishna para nos presentear com a jóia mais valiosa do Universo, Bhakti Yoga!

Agora e nossa parte devotos e devotas de todo Brasil

Vamos nos empenhar e nos unir como nunca fizemos.

Vamos pregar e compartilhar o que aprendemos praticando esta ciência do amor a Deus, para o Brasil inteiro!

Somos também guerreiros, e assim como Arjuna no Bhagavad Gita, nao vamos nos esquivar da batalha nos escondendo na floresta, com a desculpa de que temos que cuidar de nossas familias, de nossa subsistência, e assim por diante!

Vamos sim assumirmos nossas posições no campo de batalha de acordo com nossa natureza, nossas habilidades, e servirmos unidos, em amor e confiança.

Vamos sim cumprir com todos nossos deveres prescritos, porem unidos e com espírito missionário pulsando e vivo dentro de nos como nunca !! Vamos cumprir nossos deveres prescritos, porem utilizando todo momento possível e impossível para falarmos de Deus, distribuirmos literatura Vaisnava, cantarmos e dançarmos juntos os Santos Nomes do Senhor.

Somos uma familia, e devemos consolidar definitivamente em nossos corações este sentimento fraterno.

Unidos o Brasil se tornara a Tropa de Elite de Srila Prabhupada neste novo momento que se manifesta!

Vamos todos juntos criar um Império para Srila Prabhupada!

Que o Maha Templo ( Planetário Védico ) que esta sendo construído a mil por hora aqui em Sridham Mayapur, a todo vapor dia e noite, de segunda a segunda, seja apenas o reflexo da revolução que unidos e mes a mes, dia a dia, provocamos em nossos corações e nos corações de muitas pessoas no qual nos associamos.

Devotos de Mayapura/Índia 

Fontes: fórum Krishna-katha, Devotos Brasileiros residentes em Mayapur Dham (Atma-nivedana das)
.

Compartilhar
Leia Mais ››

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Webfashion entrevista Maria Stella Splendore e Krishna

Há um bom tempo ela curtia o sossego de sua casa cor-de-rosa, em um santuário indiano no interior de São Paulo, porém interrompeu sua prática filosófica e religiosa no Hare Kishna para escrever sobre fé e a São Paulo dos tempos da Jovem Guarda. No livro Uma história de vida, La Splendore mostra que ainda tinha muito a contar.

Ela é considerada a primeira top model do Brasil. Muito antes de übermodel ser uma palavra universal, ela já desfilava no jet-set Paris-Milão-São Paulo. Maria Stella Splendore, 60 anos, 2 filhos e 5 netos, foi modelo internacional, atriz, apresentadora, júri de TV e cantora.

Após quatro casamentos, um romance com o rei Roberto Carlos e quase 20 anos fora do Brasil, vivendo entre as belezas da Índia e correndo de furacões na Flórida, ela retorna aos holofotes, para lançar sua primeira autobiografia.

Tudo começou em meados da década de 1960, quando aos 16 anos dois vestidos de noiva fizeram Maria Stella celebridade nacional. O primeiro usou na passarela de um ícone para a época, o estilista Dener Pamplona de Abreu, eleito o melhor costureiro do mundo, nos EUA. Entendido como o primeiro papa da alta costura nacional, antes de Dener só ostentava roupa fina quem mandava trazer da França.


Com prefácio assinado pelo apresentador, jornalista e amigo de longa data Amaury Jr., o livro 'Sri Splendore – Uma história de vida' (114 páginas, edição independente, R$ 38) narra sua infância, fama e experiências no despertar no Movimento para a Consciência de Krishna. As páginas escritas por Maria Stella trazem lembranças de São Paulo, quando a cidade tinha mais cara de província, que de metrópole. Uma São Paulo cheia de moda, que ainda desenhava a avenida 23 de maio, esbanjando casarões centenários e a elite paulistana de ricos, poderosos e futuros famosos. Nos festivais de música, Hebe Camargo se preparava para ser rainha da TV, enquanto Roberto Carlos recebia o cetro de rei.

Quando se conheceram, Roberto Carlos mostrou a Maria Stella diversas músicas do que seria seu sexto long play. Antecipou, por exemplo, a faixa 'Querem Acabar Comigo', que, segundo ela, fazia alusão a Ronnie Von, alçado à condição de príncipe da Jovem Guarda.

E são justamente as 15 páginas do capítulo 'Vida de Celebridade' que causam tanto alarde. É nele que Maria Stella relata o alvoroço da mídia na cobertura de seu casamento com Dener, como conheceu Roberto Carlos e o nascimento da filha Maria Leopoldina, que até hoje não se sabe de qual dos dois reis é filha. Mas é nas entrelinhas do iê-iê-iê que se desvenda o que de fato inspirou Roberto nas melodias do hit 'Namoradinha de um amigo meu'.

Convertida à religião Hare Krishna, em 1981 ficou encantada com um livro chamado Cante e Seja Feliz, uma conversa entre os Beatles e Srila Prabhupada, guru indiano que trouxe a religião para os EUA.

Se antes, Maria Stella virava a noite para acompanhar o pique notívago de Dener, hoje acorda às 3h30 da madrugada em sua casa cor-de-rosa para rezar. Moradora da fazenda Nova Gokula, em Pindamonhangaba, ela acorda cedo, faz alguns exercícios de respiração, uma leve refeição e recita o mahamantra Hare Krishna:

Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare, Hare Rama / Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare.

As 16 palavras, cantadas a um ritmo de 4 segundos por estrofe, são repetidas 1.728 vezes, durante duas horas, todos os dias.

O Hare Krishna é uma tradição que combina filosofia à prática religiosa. Segundo Maria Stella, a religião ensina, sobretudo, a amar os nomes de Deus. "Seja ele Krishna, Jesus, Oxalá ou Jeová, estamos falando do mesmo Deus. Os ensinamentos deixam claro que você pode seguir qualquer religião. O importante é desenvolver amor puro por Deus e ater-se corretamente às suas leis."

"Uma pessoa pode ou não conhecer todos os significados do Hare Krishna, mas se o canta, liberta-se das atitudes que não fazem bem. 'Cante Hare Krishna e seja feliz! Você pode cantar a qualquer hora ou lugar. Experimente. É de graça!''

Herdeira de milionários, Maria Stella Splendore hoje vive de rendas. Mesmo com um pé na terra e outro no céu, por hábito ainda não conseguiu se desvencilhar do mundo da moda. 'É como já dizia a minha mãe, não pode andar de tênis quem nasceu para usar salto. Confesso que ainda tenho uma quedinha por sapatos e pela alta costura.' Sua marca favorita: Roberto Cavalli. RC também, por acaso.

Maria Stella Splendore é símbolo de beleza e moda, há uma sofisticação natural ligada à sua imagem, como a moda passou a integrar sua vida?
MSS Obrigada. Acho que herdei a sofisticação de minha mãe que era uma mulher muito elegante. Mas também por minha natureza, que é sofisticada. A moda passou a integrar minha vida por casualidade, quando Dener me treinou para ser a primeira menina modelo do Brasil.

Ser casada com Dener Pamplona a colocava num lugar privilegiado, ambicionado por muitas mulheres na época, além do amor, que benefícios e conseqüências este privilégio te trouxe?
MSS É muito difícil viver exposta ao grande público. Meu maior privilegio é o espaço que até hoje tenho aberto com a mídia.


Em tempos em que a moda não era levada a sério no país, e que se vestir com marcas e estilistas estrangeiros era praticamente uma obrigação, quais as dificuldades encontradas por um criador tão extraordinário quanto Dener, e uma modelo com tanto talento e carisma quanto Maria Stella Splendore?
MSS Quando eu encontrei com Dener em 1965 ele já era o líder da moda no Brasil e vestia a maioria das mulheres da sociedade brasileira. Dener havia sido o figurinista de primeira-dama Maria Thereza Goulart e já era considerado um mito.

Dener e você ajudaram a elevar a moda brasileira a um patamar inimaginado até então, conseguiram romper barreiras culturais e fronteiras, isto certamente abriu portas para estilistas, marcas e modelos que agora colhem frutos com a valorização internacional da moda brasileira; de que maneira você vê esta evolução? Tem contato com criadores e marcas nacionais?
MSS Claro que sim... O Brasil infelizmente nunca teve memória de sua própria historia seus talentos e mitos, ainda menos. Mas com certeza Dener foi o pioneiro da moda no Brasil. Hoje com a globalização, internet a evolução foi rápida e mais fácil aparecer. Sim, sempre que posso vou aos eventos de moda.

Ainda há em seu armário muitas criações do Dener? Há alguma criação que seja especial, que tenha alguma história ligada a ela? Pode nos contar?
MSS Tenho sim algumas peças... Ainda tenho meu vestido do casamento civil, que guarda com ele uma história de conto de fadas!

A inevitável comparação do remake da novela TI TI TI, onde a rivalidade entre dois estilistas, Jacques LeClair e Victor Valentim parece ter sido inspirada na lendária rivalidade entre Dener e Clodovil, a incomoda? Até que ponto isto é verdade ou lenda? Ainda sobre esta lendária ou fictícia rivalidade... já usou algum modelo assinado por Clodovil?
MSS Na verdade Dener e Clodovil nunca se relacionaram além de entrevistas e tititis... Clodovil nunca freqüentou nossa casa e nunca foi amigo de Dener. Tive, sim, um vestido criado pelo Clodovil em 1973 que use para um casamento.

O nome Maria Stella Splendore sempre foi ligado à sofisticação, luxo e badalação, sua nova postura de vida, a sua renovação espiritual surpreendeu a muitos, há ainda espaço para a moda em sua vida?
MSS Sim, e de uma forma muito natural. Há um mito de que devemos estar em vida reclusa, que funcione a parte da sociedade. Não é bem assim. Tudo é permitido, desde seja usado em consciência de Krishna.

A internet, as mídias sociais, e as novas formas de se criar moda com programas de computação, e divulgá-la virtualmente, ampliaram o alcance e democratizaram a moda, como vê esta revolução? O que sente ao perceber que se for feita uma pesquisa com o seu nome e o do Dener, por exemplo, há milhares de citações? Acha que a memória do trabalho de ambos está sendo respeitada?
MSS É uma nova época, os valores são diferentes e as oportunidades maiores... Quanto à memória, de certa forma, sim. Porque, afinal fazemos parte da história da moda do Brasil. Interpretação e especulação sempre existiu e sempre existirá. Se podemos chamar isso de falta de respeito...



Fontes: Introdução: Harlley Alvez, Fotos: arquivo pessoal, Entrevista: Susi Guedes, fórum Krishna-katha, portal WebFashion do UOL
.

Compartilhar
Leia Mais ››

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Sacinanda Swami no Brasil pela 1º vez em 2011

Em março de 2011 o sannyasi Sacinandana Swami estará vindo pela 1º vez ao Brasil para compartihar conosco suas realizações sobre as glórias de cantar os Santos Nomes. Para saborear esse néctar é preciso inscrever-se para o evento "Retiro de Kirtana" no seguinte endereço eletrônico: www.retirodekirtan.weebly.com. Mais informações podem ser obtidas no mesmo endereço também.

Quem é Sacinandana Swami?

Nascido em 1954 em Hamburg, Alemanha, Sua Santidade Sacinandana Swami sabia, desde a infância, que estava em uma busca espiritual. Ainda novo, ele começou a procurar por respostas onde quer que elas pudessem ser encontradas – de ensinamentos esotéricos do mundo espiritual das antigas tradições até as modernas teorias da filosofia e parapsicologia.

Os fragmentos de conhecimento adquiridos nesta busca juntaram-se em 1971, quando sua jornada culminou na descoberta dos ensinamentos de Sua Divina Graça A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupda, o fundador-acharya da Sociedade Internacional para a Consciência de Krishna.

Tendo encontrado a sabedoria espiritual e o estilo de vida pelo qual há tanto tempo ansiava, Sacinandana Swami logo absorveu-se em traduzir para o alemão a tradução em inglês do Bhagavad-gita feita por seu mestre espiritual. Em 1989 ele fez o voto de vida renunciada (sannyasi) e tornou-se um mestre espiritual iniciador (guru), assumindo a responsabilidade da sucessão discipular.

Sua Santidade também desenvolveu diversos programas inovadores para espalhar o conhecimento devocional a grandes audiências na Europa oriental. Entre estes, dois programas culturais de grande sucesso e uma variedade de seminários e discursos públicos.

Ao mesmo tempo, ele manteve-se focado em sua prática espiritual, especialmente reservando tempo para visitar os locais sagrados de peregrinação na Índia para buscar inspiração pessoal, bem como para organizar retiros espirituais para o benefício de outros. Suas peregrinações o levaram por toda a Índia – de Badrinath, Kedarnath, Gangotri, e Monte Kailash nos Himalaias até os templos sagrados de Sri Rangam, Melkote, Tirupati, e Ahovalam no sul da Índia. A terra sagrada de Vrindavana, local de nascimento do Senhor Krishna, é particularmente especial para Sacinanda Swami, e lá ele realiza um aclamado retiro anual

Sacinandana Swami segue como um pioneiro em maneiras inovadoras de propagar a tradição védica. Ele é um instrutor regular em várias instituições dedicadas a disseminação do conhecimento espiritual, incluindo o Instituto Vrindavana de Ensino Superior na Índia e a Universidade Bhaktivedanta na Bélgica. Ele também atua como diretor espiritual da Veda Academy, uma reconhecida universidade internacional de ciências, artes e filosofia védica ativa em oito países. Simultaneamente, ele guia e inspira pessoas ao redor do mundo através de seu exemplo pessoal, aulas e textos.

Suas publicações incluem The Nectarean Ocean of the Holy Name, The Gayatri Book, The Way of the Great Departure, The Art of Transformation, Spiritual Tonic e Divine Names, um CD duplo com bhajans.




Fontes: fórum Krishna-katha, www.retirodekirtan.weebly.com

.

Compartilhar
Leia Mais ››

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Indradyumna Swami no Brasil em 2010/2011? Sonho ou Realidade?

Sim, é real! O Brasil não será o mesmo após receber S.S. Indradyumna Swami com sua delegação de 25 músicos e artistas do Festival da Índia da Polônia.

Em Março 2008, estive em Santiago do Chile com S.S. Indradyumna Swami e, durante nosso encontro, apresentei a ele a estrutura que o Festival da Índia no Brasil estava conquistando, e claro, o convidei para participar conosco de nossa turnê anual que ocorre sempre em Janeiro.

Após um acordo com a Associação Festival da Índia ( Brasil ), S.S. Indradyumna Swami enviou ao Brasil em Março 2010 seu secretário Bhakta Dominique para avaliar se haveria condições reais de trazer um grupo tão grande para uma turnê pela América Latina.

Foram duas semanas intensas acompanhando Bhakta Dominique no Brasil, com muitas solicitações e exigências, afinal, não se tratava apenas de uma simples visita. Estavamos falando de uma turnê com o bem sucedido Festival da Índia da Polônia ( 20 anos de experiência ), onde 25 músicos, artistas e bailarinas de alta qualidade técnica estariam vindo pela primeira vez a um País da América Latina.

Bhakta Dominique também visitou Argentina e Chile, porém, por algumas razões, decidiu centrar a turnê somente no Brasil.

Muitas coisas incríveis irão acontecer durante esta Turnê e posso adiantar-lhes algumas delas. Uma edição em português do DIÁRIO DE UM PREGADOR já está sendo enviada para a gráfica, B.B. Govinda Swami virá com seu grupo que realiza kirtans de outro mundo, a sensacional peça teatral GITA acabou de ser dublada em stúdio no Brasil, 14 caixas contendo equipamentos de som e utensílios para peças teatrais estão sendo despachadas via navio, e muitas outras maravilhas estão por acontecer.

O grupo chegará em São Paulo no dia 28 de Novembro e a turnê entitulada THE MAGIC ÍNDIA, acontecerá em Dez 2010 (teatros RJ-SP-MG) e Jan 2011 pelo litoral sul e norte de São Paulo. O itinerário será divulgado em breve no site oficial do evento, www.festivaldaindia.com.br.

Estamos buscando profissionais em diferentes áreas, tais como, jornalismo, publicidade, enfermagem, cozinha, motoristas, produtores culturais, representantes para venda de ingressos, etc, para prestarem serviços voluntários para este evento, mesmo à distância. Pessoas interessadas em acompanhar a turnê devem entrar em contato com a organização do THE MAGIC ÍNDIA ( info@festivaldaindia.com.br ), entendendo que, haverá uma seleção de pessoas de acordo com as reais necessidades do evento.

É natural que muitos e muitos devotos terão o desejo de seguir a turnê mesmo por alguns dias, e a orientação é que não o faça sem antes comunicar a organização do evento. Uma mega logística está sendo montada neste momento para atender 45 dias intensos no Brasil e tudo está sendo calculado cuidadosamente.

A ISKCON Brasil vive momentos sublimes de desenvolvimento e nada melhor do que coroar esta fase com S.S. Indradyumna Swami e seu seleto grupo do VIVA KULTURA.
Aguardem relatórios oficiais regulares emitidos pela THE MAGIC ÍNDIA BRASIL TOUR para estarem por dentro de tudo o que está acontecendo!



Vaikuntha Murti Das
The Magic Índia Brasil Tour
Produtor-Executivo

Para saber mais sobre Indradyumna Swami clique no link abaixo:
Wikipédia(Google Tradutor)

Fontes: fórum Krishna-katha
.

Compartilhar
Leia Mais ››